Como cuidar dos fios tingidos de maneira correta

As mulheres adoram apostar na mudança do visual, principalmente quando se trata de coloração dos fios. Porém, após a transformação, é bem provável que os cabelos tingidos se tornem mais ressecados por conta de químicas e  oxidantes que podem compor as tinturas. Por este motivo, é importante tomar os cuidados corretos e saber exatamente o que NÃO se deve fazer depois do procedimento.

Será que você sabe o que não se deve fazer nos cabelos tingidos?

Muitas mulheres acham que a tintura é o que estraga os cabelos, mas isso é um verdadeiro mito. Na realidade, é mais fácil isso ocorrer pela falta de cuidados após o procedimento, ou por serem feitos de forma incorreta. Os cuidados devem ser redobrados e por isso listamos 5 dicas essenciais para saber o que não fazer com os cabelos tingidos e desfilar com os fios mais saudáveis.

Os 5 Nãos dos cabelos tingidos

1 – Não utilize shampoo anti-resíduo

O shampoo anti-resíduo não é recomendado para pessoas que tem cabelos tingidos, justamente porque ele é capaz de tirar a coloração do fio. Use apenas xampu e condicionador especialmente formulados para cabelos tingidos ou coloridos, porque nesses produtos é que estão os aditivos especiais que nutrem e mantém a cor dos seus cabelos.

 2 – Não lave os cabelos todos os dias

Pode parecer obvio para alguns, mas os cabelos tingidos não devem ser lavados todos os dias pois a cor vai oxidando, ou seja, vai desbotando e diminuindo o brilho das madeixas a cada lavagem. O ideal é lavar apenas duas ou três vezes por semana com shampoos específicos para cabelos coloridos e com água morna ou fria. O truque da água fria é que ele fecha as cutículas do cabelo, fazendo assim que o cabelo fique mais úmido e não perca a cor da tintura.

É importante lembrar que os cabelos tingidos sofrem muito com a exposição a água do mar e a de piscinas, porque tanto a água salgada quanto a com cloro deixam as cutículas capilares abertas desbotando assim os fios coloridos.

 3 – Não fique misturando cores diferentes

A Colorimetria Capilar é quase uma ciência, precisa de muito estudo de cores e nuances para saber qual tom combinar para criar uma coloração correta. Por isso mesmo não é aconselhável que você faça isso em casa, porque tentar personalizar sua própria cor de cabelo pode ser desastroso, alguns reflexos combinados podem se anular e fazer o cabelo ficar com uma cor desbotada ou até mesmo machada.

 4 – Não mude a marca da tinta constantemente

Mudar a marca da tinta sempre que pensar em trocar a cor dos cabelos, pode não ser uma boa ideia. Tentar personalizar a sua cor atual pode ter um resultado desagradável, uma vez que, certos reflexos combinados entre si poderão se neutralizar, ou seja, serão produzidos reflexos indesejados e um tom bem diferente do esperado.

5 – Não descuide da hidratação

O principal cuidado que se deve ter após a tintura é a hidratação, uma vez que os fios ressecam e se tornam quebradiços e sem vida. Por isso, os fios devem receber uma boa hidratação, com produtos específicos, para retomar o seu brilho e fazer com que a coloração fique permaneça por mais tempo nos cabelos.

A linha COLORATO é um exemplo de máscaras tonalizantes que promovem um tratamento de condicionamento e hidratação aos fios, ao mesmo tempo em que pigmenta. O resultado são cabelos com a cor totalmente revitalizada. Disponível para cabelos vermelho, chocolate e preto.

E para os cabelos loiros, o Matizador BlondHair, da SPHair, é uma máscara neutralizadora de tons amarelados indesejáveis que podem surgir após a descoloração. O produto revitaliza a cor e proporciona um tom branco pérola luminoso, hidratando e concedendo brilho aos fios.

 

 

 

 

Leave a Reply